top of page
  • Brighid

Capítulo 6 - Ataque à inquisição

Tudo estava escuro, uma grande lareira com uma chama negra ostentava ao fundo de um enorme salão, uma enorme forma de mão escura com um vortex verde chamava a atenção do restante monocromático que dominava o local. Vestindo uma capa, calças e chapéu cinzas com detalhes vermelhos, estava lá Ragna, a traidora. Uma enorme figura apareceu no centro do salão, ele não tinha uma forma, mas parecia a própria escuridão materializada, era Variphor, que logo falou:


– "Ragna! Preciso saber o que Fardos e Valiant estão planejando, lhe darei uma proteção para que Fardos não a encontre, faça o que for necessário, mas só volte se conseguir mais informações. Convença Valiant a vir para esta dimensão e o mataremos."


– "Sim Senhor, Valiant ainda tem esperanças em mim, será fácil convencê-lo…"


– "HAHAHA, ele não terá chances se você o trouxer! Vá logo, invada a biblioteca de Fardos, você sabe onde buscar a chave de entrada!"


Ragna entrou em um redemoinho das trevas e logo desapareceu.


Enquanto isso….. Na Biblioteca de Fardos:


– "Valiant, irei começar explicando o plano, segure firme em seu banco…"


– "Os seguidores de Variphor estão nesta dimensão trabalhando para ativar o godbreaker em seu modo reverso e permitir trazer Variphor para cá ao disparar a energia do aparato sobre algum objeto criado e pertencente a ele… Esta é uma das formas de transição de dimensão, mas obviamente, ele depende totalmente de seus seguidores serem bem sucedidos."


– "Nosso papel é impedir que eles obtenham sucesso, para isto devemos encontrar onde eles estão. Seria fácil para um deus como eu encontrá-los, se não fosse por um pequeno detalhe… Eles estão protegidos por Variphor e seu rastreio neste mundo é impossível por qualquer um dos deuses."


– "Obviamente na dimensão de Variphor há indícios e até mesmo meios de transporte até o esconderijo deles, sejam esferas, vortex ou coisas do gênero. Assim como Variphor não pode entrar em nossa dimensão sem um longo processo, para eu entrar em sua dimensão também não é uma tarefa simples, portanto, no momento, inviável."


– "Aqui entra você Valiant…", ele ao escutar seu nome já sentiu qual seria o rumo desta conversa, Fardos sabia que as palavras que diria iria perturbá-lo, mas prosseguiu:


– "Você deverá entrar na dimensão de Variphor, eu o darei minha proteção e você não será rastreado, seu conjunto dourado irá ajudá-lo muito naquele local…"


– "Ele reflete o que há em seu interior, a luz, sabedoria e luta pela liberdade, em forma material ele aparenta a ouro puro e brilhante. Nada disso que falei existe na dimensão de Variphor, logo, desta forma você será invisível aos olhos deles… Mas cuidado, você ainda possui sua forma material, e produzirá ruídos a depender da circunstância, permitindo que alguém próximo a você o encontre."


– "Ser pego naquela dimensão é algo péssimo, além de acabar de uma vez com nosso plano, significará que Variphor poderá entrar em nossa dimensão e isso significará o fim de tudo… Se você for morto na dimensão de Variphor, você será perdido para sempre, não poderei resgatá-lo…"


Valiant retirou seu capacete, estava pálido. Ele olhou ao seu redor com certa lentidão, e por fim dirigiu seu olhar para Fardos, parecia estar em choque com toda esta informação. Após um tempo de silêncio ele disse:


– "Está bem Fardos, eu irei até onde for necessário para salvar este mundo!"


Enquanto ambos conversavam, Ragna estava ao sul de Thais em direção ao quartel general da Inquisição, a porta estava fechada. Com objetivo de manter a discrição, Ragna preferiu tocar a porta e esperar. Henricus estava sozinho, como de costume foi abrir a porta pensando ser um dos guardas reportando alguma estranha atividade, neste momento Ragna o empurrou, Henricus quase caiu ao chão mas pôde recuperar seu equilíbrio, logo ele parou e olhou para ela, que lentamente trancava a porta.


– "O que é isso? Quem é você e o que queres?", perguntou rapidamente Henricus.


– "Não está lembrado de mim Henricus? Os 8 aventureiros que você recebeu neste mesmo local, sou uma delas… Preciso de sua ajuda."


– "Que forma terrível de se apresentar, porque me empurrou? E por que trancou a porta?"


– "Preciso de discrição, não quero que nos interrompam, se é que me entendes", enquanto falava, Ragna se aproximava mais de Henricus, este recuava lentamente, ela prosseguiu:


– "Preciso de um daqueles cajados que levam à biblioteca de Fardos, preciso falar imediatamente com ele."


Henricus estranhou muito este pedido, e sem hesitar respondeu:


– "O único que tínhamos está com sua equipe, não há outros…"


– "Imaginei que seria assim… Henricus… Eu sei que há outros, vocês jamais ficariam sem contato com ele, se entregou um à nossa equipe é porque existem outros, me dê logo, ou terá consequências."


Henricus, furioso, se aproximou de Ragna e disse:


– "Não sei quem você pensa que é, mas invadir o quartel general da inquisição e ameaçar seu chefe não é algo inteligente, você poderá ser condenada à morte por isto, minha resposta é final, vá embora antes que eu mude de idéia."


Ragna então esboçou um leve sorriso e dirigiu seu braço direito ao seu ombro esquerdo, onde alcançou seu arbalest, armou uma flecha e apontou para Henricus. Ele rapidamente empunhou uma adaga que estava escondida em sua mesa, mas isso não parecia ter chances a uma flechada a distância. Ragna então falou lentamente:


– "Me dê agora o cajado, ou eu o matarei, sei que você abençoa todas as pessoas, mas visivelmente esqueceu-se de abençoar a si mesmo, talvez você tenha contigo o cajado, posso recebê-lo de você ou coletá-lo em seu cadáver, você que escolhe…"


Henricus, visivelmente em um misto de fúria e medo olhou fixamente para Ragna, caminhou 2 passos mais próximos dela enquanto ela aproximava mais e mais o dedo do gatilho. Ele sabia que qualquer que fosse sua ação, jamais poderia entregar um cajado daquele para uma pessoa má intencionada, ela o mataria de qualquer forma.


Um barulho e luzes começaram a sair de um estranho piso na sala, era Lesly voltando de uma de suas rondas pelo continente, Henricus neste momento partiu em ataque em direção à Ragna, que rapidamente desviou e disparou uma flecha nele, Lesly desembainhou sua espada e aos gritos partiu em direção a Ragna que vendo seu plano falhado quebrou a porta e saiu em fuga pela cidade. Lesly, ao perder de vista a Ragna, voltou para junto de Henricus que ainda estava vivo, porém não por muito tempo.


– "Minha filha Lesly…", Henricus tossia sangue e mal podia falar: "Algo está errado… Os aventureiros… Ela nos traiu…", Lesly não podia conter as lágrimas, estas foram as últimas palavras de seu pai, Henricus.


Imediatamente ela alertou todos os inquisitores da morte de Henricus, tornando-se a nova chefe da inquisição. Em pouco tempo o quartel general estava lotado deles, incluindo-se alguns guardas reais que chegaram para evitar uma nova investida de Ragna, enquanto outros buscavam por ela pela cidade.


Lesly sabia que deveria buscar por Fardos, coletou um dos cajados no cofre da inquisição e dirigiu-se ao templo de Thais, em um piscar de olhos estava ela na biblioteca, onde via ao fundo o próprio Fardos e Valiant.


– "Lesly! Eu sei o que houve, mas era tarde…", falou Fardos, enquanto mudava a atenção de Valiant a Lesly.


– "Meu pai está morto…", Lesly falava e enxugava ainda lágrimas, inspirou fundo e continuou: "Foi tudo muito rápido, eu não tive muito o que fazer, mas sei quem o matou… Foi Ragna"


Valiant pulou do banco em susto e passou a olhar diretamente para Lesly. Fardos disse:


– "Ragna possui uma proteção de Variphor, eu não posso rastreá-la, aliás, é o mesmo tipo de proteção que eu criei para você Valiant. Lesly, Henricus foi morto por um artefato de outra dimensão e isso significa que ele está em um espaço que não pertence a dimensão nossa ou de Variphor, e sim em um local chamado de limbo. Após neutralizar esta ameaça de Variphor faremos o resgate a ele", Lesly confirmou com a cabeça quando Fardos completou sua frase.


– "Está claro que não temos tempo a perder, Ragna foi enviada por Variphor e assim farei com você Valiant, preciso que encontre algo naquela dimensão que indique o local exato que eles estão na nossa, com a localização exata poderemos atacá-los e destruí-los."


– "Fardos, nós temos informações que recebemos de Spectulus e Sinclair das águas geladas de Svargrond, os informes foram deixados na mesa de meu pai, eu os vi e preciso saber se será necessário alguma movimentação por parte da inquisição."


– "Sim Lesly, momento perfeito para isto… Segundo a informação obtida há uma grande área sob as águas daquele local que apresenta uma anomalía: houve um processo de ruptura entre as bordas das 2 dimensões e as realidades de ambas parecem fundir-se em um processo turbulento, é alí, com o cetro das dimensões… Valiant, você será capaz de controlar esta turbulência e passar pela ruptura, mas cuidado, a travessia pode ser perturbadora e consumir muito de sua energia."


– "Está bem Fardos, estarei preparado", enquanto falava, Valiant colocava o cetro das dimensões em sua mochila.


– "Lesly, leve Valiant até o local indicado, ele precisará de soldados da inquisição e um navio somente para este fim", solicitou Fardos.


Lesly acenou em confirmação e saiu para fazer os preparativos. Valiant estava ainda arrumando sua mochila quando Fardos o falou:


– "Seus 6 companheiros estão a um tempo protegendo Spectulus e Sinclair, eles serão vitais para que nenhum seguidor de Variphor tente matá-los, precisamos detectar qualquer anomalia, assim como essa encontrada em Svargrond, eles não sabem o que você está prestes a fazer e nem deverão saber… Valiant, você não poderá contá-los sobre isto, Ragna poderá a qualquer momento encontrá-los e se algum de seus companheiros revelar isto inúmeros guardas daquela dimensão farão seu trabalho impossível."


– "Entendido, Senhor Fardos, eu não contarei a eles, serei o mais discreto possível."



Valiant saiu da biblioteca e encontrou Lesly que estava o esperando no porto de Thais, sua jornada às águas geladas de Svargrond o deixavam inquieto, já que ele teria que ser bem sucedido em algo que ninguém foi capaz de fazer: invadir a dimensão de Variphor.



Continua…

1 visualização0 comentário
bottom of page