Capítulo 2 - A Antiga Aliança



Todos observaram apavorados para aquela gigantesca face, aquilo parecia irreal já que jamais, nem mesmo em seus sonhos mais estranhos, eles pensariam que poderiam estar de frente a um dos deuses, todos se ajoelharam quase que de imediato.


Fardos falou:

– "Não tenham medo meus filhos, eu sei porque estão aqui e estou feliz que vieram ao meu encontro! Levantem-se, não há necessidade disto."


Lesly, ainda com medo, respondeu:

– "Senhor Fardos, com todo o respeito, precisamos ser guiados na luta contra os seguidores de Variphor, viemos até aqui em busca de respostas…"


Fardos, enquanto demonstrava um sorriso, falou:

– "Eu sei Lesly, conheço cada um de vocês, sei exatamente a conversa que tiveram recentemente e o desfecho da luta contra o Scourge of Oblivion…"

– "A luta é complicada e difícil contra Variphor, até mesmo para um deus, eu guiei Henricus para que ele os trouxesse aqui, ainda que eu tenha poderes que vocês nem possam compreender há coisas que infelizmente nem mesmo eu posso fazer…" Enquanto Fardos terminava sua frase a sua face gradativamente desaparecia.


Toda a equipe se assustou ao ouvir o final da frase de Fardos, afinal, o que poderia ser tão difícil até mesmo a um deus e em que eles poderiam ajudar? Isto não parecia fazer sentido algum em suas mentes, mas Fardos já tinha tudo planejado.


Como o silêncio havia tomado conta, todos começaram a observar a gigantesca biblioteca, mas a voz de Fardos novamente ecoou, fazendo com que todos voltassem a atenção para ele, desta vez não era uma face, mas ele estava em forma humana:


– "Achei melhor estar de igual a igual com todos vocês, vocês são os primeiros a conhecer um de meus aspectos, o humano…"


– "Eu sinto sua preocupação, de cada um de vocês… Mas também vejo sua coragem, e sua força de vontade…"


– "Há muita coisa a ser dita, muita coisa a ser explicada, sei que vocês tem muitas perguntas a fazer, mas nosso tempo permite que eu possa responder apenas o que for relacionado a nossa nova missão: de impedir Variphor…"


– "Sei que vocês pensam: um deus resolveria isto em instantes… Bom, não… O fato de ser um deus também dificulta não ser notado em meus movimentos, Variphor certamente notará um outro deus entrando em sua dimensão. Além disto, o movimento de deuses entre dimensões requer rituais de ascensão que impedem que eu faça isto por mim mesmo."


– "Eu não tenho intenção de invadir a dimensão de Variphor, um combate em seu terreno significaria minha destruição, e provavelmente a de toda a criação posteriormente…"


Hera estava a abrir sua boca para fazer uma pergunta, quando Fardos olha para ela e diz:


– "Hera, esta é uma boa pergunta…", Hera assustada recuou, Fardos prosseguiu: "A resposta é não, infelizmente não consigo rastrear onde estão os seguidores de Variphor, nem eu, nem Uman ou mesmo Zathroth."


Fardos se aproximou de toda a equipe e continuou:

– "Variphor os protegeu com alguma espécie de escudo que impede seu rastreio… É por isto que vocês estão aqui, e por isso que preciso de todos vocês, precisamos obter a informação de onde eles estão, mas certamente será inútil procurar em nossa dimensão…"


A preocupação tomou conta dos nobres guerreiros, que não puderam mais esconder em suas faces este sentimento… Fardos, ciente disso, prosseguiu:


– "Vocês já entenderam parte do plano, vejo em seus pensamentos uma enorme preocupação, é justificável, mas lhes explicarei todo o plano logo… Antes preciso contar a vocês uma história longa, mas essencial para que entendam seu propósito."


Fardos invocou cadeiras e toda a equipe sentou-se confortavelmente, ele prosseguiu a sua longa e importante explicação:


– "Em um passado distante, muito distante, existia uma importante aliança entre três impérios em Tibia, e garanto que não conheceram a qualquer uma delas em todo seu esplendor… Um deles eram os bonelords… Inteligentes, que se destacavam por sua comunicação diferenciada e capacidade de cálculos impressionante, atualmente estão em menor quantidade, alguns espalhados por todos os continentes e uma grande parte reclusa em um local que nenhum dos humanos conhece…"


– "Outro dos impérios era o dos Dream Wardens, eles possuíam a capacidade de viajar nos sonhos de outras criaturas, e até mesmo obter informação e material que utilizaram continuamente para a prosperidade de seu império, eles fizeram isto por um longo período… Em seu auge aliaram-se a Zathroth, e foi este o motivo que culminou na destruição de praticamente todo seu povo… Atualmente existem alguns poucos Dream Wardens, e estão escondidos…"


– "O último império, o mais poderoso, o mais ambicioso, surpreendentes até mesmo para um deus, foram aqueles chamados de Shapers… Eles eram excelentes construtores, mágicos e inventores. Todo seu conhecimento era compartilhado por grandes torres, uma rede que unia a mente de todos eles. Sua ganância os destruiu, e de uma forma muito dramática… Atualmente não há mais shapers, senão que deformações que ainda ocupam partes de uma das principais cidades que eles possuíam"


– "Os shapers, inclusive, são os protagonistas de uma outra história que vocês precisam saber para entender por que esta aliança se desfez…"


– "Em seu auge, os Shapers tinham um plano: Destruir Zathroth… Zathroth e Uman são um só e mesmo com muitas tentativas foi impossível separá-los. Portanto, destruir Zathroth significaria destruir também Uman..." Todos ficaram chocados com a fala de Fardos, ele prosseguiu:


– "Obviamente eles falharam, e falharam miseravelmente… O plano deles consistiu em construir uma poderosa máquina do tempo, ela era funcional e dava a esta raça a capacidade de viajar e mudar o tempo. Eles prepararam um enorme salão, colocaram seus melhores soldados na máquina e seus melhores pesquisadores a postos, estes últimos esperavam os soldados trazerem um enorme artefato do passado: o Godbreaker…"


– "Os soldados voltaram ao exato momento em que Brog entregava a Zathroth o poderoso Godbreaker, rapidamente tocaram no artefato, enquanto ambos olhavam, e em uma fração de tempo, confiscaram a poderosa arma ao presente, no momento que chegaram ao salão os pesquisadores focaram em estudar e preparar o estranho objeto."


– "Eles sabiam que Zathroth os identificariam, e que ele apareceria no grande salão na forma de um de seus aspectos, isto não demoraria mais que um minuto… O plano era preparar a arma, apontar ao centro e esperar Zathroth. Só havia uma grande falha: eles não sabiam como operar o Godbreaker e ter apenas um minuto piorou a situação. Foi impossível compreender um objeto tão complexo em tão pouco tempo…"


– "Zathroth os encontrou e dizimou a todos que estavam naquela cidade, ele ainda ordenou que suas criaturas invadissem e destruíssem as cidades dos shapers em todos os continentes. Uma a uma as torres da rede mental deles caíram, eles foram cercados, mortos, e sua tecnologia esquecida no tempo… Vejo que algumas das armas que vocês possuem atualmente utilizam tecnologia shaper resgatada a alguns anos, nem tudo que eles construíram foi perdido."


– "Após o colapso dos shapers, os bonelords e dream wardens cortaram suas comunicações, a antiga aliança de prosperidade e troca de informações se desfez. Anos após os dream wardens caíram, e o motivo? Bom, a construção de uma prisão para demônios e o desfecho violento na tentativa de aprisionamento de demon princes fez com que a própria população de Roshamuul provocasse o colapso do Dream Catcher Device, este por fim foi o que fez o local ser totalmente adulterado… habitantes se tornaram pesadelos mutantes e as construções desabaram. Uma pequena parte dos dream wardens já alertava deste possível fim ao seu império desde que demônios começaram a construção daquela prisão amaldiçoada."


– "Este pequeno grupo de dream wardens passou a ser conhecido como a ordem do fim. Eles construíram uma imensa fortaleza ao nordeste de Roshamuul, e com magias poderosas foram capazes de ocultá-la e protegê-la de uma possível explosão do Dream Catcher Device, isto foi o que os salvou… Vejo nos dedos de alguns de vocês o anel símbolo deles: o ring of ending."


– "Restou, então, os Bonelords. Estes se isolaram ainda mais de todas as outras raças e sua capital passou a ser praticamente impenetrável, só aqueles que conhecem seu idioma podem entrar em sua cidade capital. Eles, em conjunto com shapers e dream wardens construíram alguns artefatos que serão importantes a todos vocês, principalmente no plano que deverão seguir para localizar os seguidores de Variphor."




Olga, que até então estava apenas calada e escutando a tudo e todos finalmente disse:


– "Senhor Fardos, a linguagem dos bonelords, conhecida como 469, não é apenas um rumor? Nós seríamos capazes de conversar com um bonelord nesta linguagem?"


Fardos exprimiu uma risada e falou calmamente:

– "Não só é possível, como vocês o farão, vocês falarão 469 no momento que for necessário", Fardos apontou para um segmento da biblioteca, inúmeras tochas se acenderam revelando um enorme corredor extremamente bem iluminado.


– "Bom, agora lhes darei sua primeira missão… Vão até este local de Roshamuul" Fardos marcou no mapa da equipe uma estranha sala nas cisternas ao norte daquela ilha, todos observaram com grande atenção e curiosidade, ele prosseguiu:


– "Vocês precisarão de uma chave para entrar na fortaleza dos Dream Wardens, use o anel" Fardos apontou para as mãos de Valiant e prosseguiu: "Este anel é a chave para entrar no local, preciso que vocês entrem nos sonhos de Azerus, seja onde ele estiver"


– "Usem os teleports desta biblioteca sempre que precisarem, eles os levarão a cada um dos 19 locais que vocês conhecem."


Iris, a feiticeira, rompeu seu silêncio e disse:


– "Fardos, não existe um vigésimo local?"


– "Claro que existe, não só um vigésimo, mas mais cinquenta e oito locais além destes dezenove que vocês conhecem"


Todos espantados gritaram:


– "Queeeee!! Mais cinquenta e oito? Como chegamos lá?"


– "Hahaha! Meus filhos, com calma, primeiro sigam sua missão, no futuro vocês conhecerão estes locais ainda isolados."


A equipe então prosseguiu ao teleporte com identificação de Roshamuul, um a um, eles entraram, o ambiente da biblioteca alterou-se para o templo daquela ilha, todos prepararam suas armas e dirigiram-se às escadas com cuidado, uma grande aventura estava a ponto de começar.


Continua...

108 visualizações0 comentário