Capítulo 1 - Variphor Está Próximo

Atualizado: 19 de jan.


Por um curto período tudo parecia girar, Valiant havia perdido a noção de onde estava… Um grito ao fundo ecoou:

– "Valiant, o que houve?".


Seus pensamentos pararam imediatamente, a mesma dona da voz do grito anterior se aproximou e disse:

– "Teve novamente um de seus lapsos?".


Confuso, ele só soube responder:

– "Creio que sim…"


Antes que ele pudesse falar algo a mais, Hera o arrastou para junto da equipe, algo perigoso parecia estar a ocorrer em breve.


Ele estava observando seu redor: várias estantes de livros, grades e portais por todo lado e uma figura estranha de um livro gigante no centro da sala… novamente seus pensamentos foram rasgados por um grito, desta vez do estranho livro:

– "O líder da invasão finalmente se juntou a batalha! Cuidado, o Scourge of Oblivion entrou na briga!".


Uma figura enorme apareceu próxima a equipe, rapidamente Valiant empunhou sua espada e juntou-se à luta.


Após vários minutos de batalha intensa e a exaustão se aproximando, a poderosa criatura finalmente deu sinais de que cairia. Os estoques de suprimentos estavam a ponto de esgotar-se quando um barulho infernal atormentou o local, justamente foi neste momento que o Scourge of Oblivion se desmontou na frente de todos.


Mal tiveram algum tempo para descansar da exaustiva batalha e outro grito rompeu os pensamentos:

– "NÃO, nós fomos enganados! O ataque foi uma mentira!".


Toda a equipe voltou a atenção ao centro, o estranho livro novamente gritou:

– "Enquanto estávamos lutando, a ala interna foi violada! Em meio à distração, o conhecimento do Godbreaker foi roubado! Venham, precisamos conversar!".


Obviamente algo muito mal estava acontecendo, um a um, os oito integrantes da equipe se aproximaram do estranho livro. Ao chegar o último dos integrantes, ele prosseguiu:

– "Algum traidor revelou a localização das instruções do Godbreaker, certamente Zathroth os chamará a encontrá-lo em um futuro, mas algo é muito mais urgente! Os seguidores de Variphor agora possuem todo o material e conhecimento necessário para trazê-lo ao nosso mundo…."

– "Apesar do Scourge of Oblivion ser realmente muito forte, a batalha contra Variphor é imensamente pior e praticamente impossível, nossa única possibilidade é impedir os seguidores dele o quanto antes!"


Hera, a mais ágil em pensamentos de toda a equipe rapidamente perguntou:

– "Variphor? O que é isto, e como acha que nós poderíamos ajudar?"


Cerebrir, o estranho livro, respondeu imediatamente:

– "Avisei a Lesly, ela procurará vocês no momento imediato que saírem desta biblioteca, nosso tempo é curto, preciso que confiem nela, todas as informações necessárias serão passadas a todos vocês no devido tempo."


Os guerreiros então tomaram caminho ao teleporte de saída do local mas antes que entrassem uma voz ecoou novamente vindo do centro da sala:

– "Boa sorte guerreiros, não tenham medo em seu caminho de volta, ordenei que as criaturas da biblioteca não os ataquem!".


Eles então prosseguiram para a saída da biblioteca, uma imagem estranha das criaturas liberando o caminho pacificamente fez com que este trajeto fosse ainda mais perturbador. Ao saírem da biblioteca, estavam finalmente na Ilha dos Reis, Costello estava inquieto e no centro do salão estava uma guerreira os observando, ela deu alguns passos e falou:

– "Então foram vocês que derrotaram o temido Scourge of Oblivion… Cerebrir me contou que os seguidores de Variphor roubaram a informação do Godbreaker durante a luta, isto é péssimo…"


Todos ainda estavam em choque, em ausência de respostas da equipe, Lesly prosseguiu:

– "Perdão por não me apresentar antes, sou Lesly, e vocês como se chamam?"


Hera, novamente tomou a frente dos demais e apresentou a todos:

– "É um prazer Lesly, eu me chamo Hera, e estes são meus companheiros: Valiant, Aerodus, Petros, Olga, Riberus, Iris e Ragna. Queremos saber mais informações, quem é Variphor e por que isto é tão ruim?"


Lesly sorriu levemente e respondeu:

– "Com calma Hera, logo vocês saberão e certamente ficarão assustados, os levarei agora para o quartel general da Inquisição em Thais, as informações serão passadas lá, me sigam".


Lesly então seguiu uma caminhada apressada ao exterior do monastério, mas em vez de ir ao barco, como os aventureiros esperariam, ela seguiu para a vinícola. Ela levantou um pedaço de grama falsa que revelou um piso estranho e com diferentes marcações, por fim se voltou aos demais e falou:

– "Não pensaram que iríamos de barco não é? Hahaha! Por favor, cada um pegue uma destas pérolas e pise neste local, eu irei por último e os encontrarei lá".


Um a um, os aventureiros foram teleportados ao quartel general da Inquisição em Thais, ao chegarem se depararam com Henricus que apressadamente falou enquanto ainda chegavam pessoas pelo portal:


– "Bênçãos só amanhã, estamos fechando por hoje…. Lesly? O que houve, e quem são eles?"


– "Henricus, estes são os aventureiros que puderam derrotar o Scourge of Oblivion, mas infelizmente tudo pareceu ser uma distração já que os seguidores de Variphor conseguiram roubar os segredos do Godbreaker…" respondeu Lesly apressadamente.


– "Que… Não é possível", Henricus sentou-se em choque e continuou: "Temos um problema imenso, o fim… o fim se aproxima"


Lesly se ajoelhou e olhou para Henricus, dizendo:

– "Justamente por isso eu trouxe eles, precisamos de uma equipe forte e unida para combater os seguidores de Variphor, mas preciso que explique a eles o que estão combatendo, só assim poderão ajudar"


Henricus olhou para cada um dos membros da equipe e após um silêncio de alguns segundos falou:

– "Certo, lhes darei toda a informação necessária, sentem-se".



Com todos sentados e observando a Henricus, este começou sua longa e pausada explicação:


– "Variphor é uma espécie de deus, porém diferentemente de nossos deuses ele não pertence à nossa realidade, ou nosso mundo… Ele é o regente de uma dimensão paralela, não sabemos exatamente o que há lá, mas ao que indica predominam as trevas e a destruição".


– "Em nosso mundo existem e existiram alguns cultos a esta entidade, em especial em Yalahar, eles são discretos e geralmente estão escondidos, nossos melhores inquisidores não foram capazes de encontrar e prender qualquer um deles…"


– "Soubemos de alguns relatos: como em Darashia de Mazarius, que foi responsável por conseguir as peças do Godbreaker… Em Yalahar soubemos de Azerus e vários de seus comparsas, que fugiram para algum local desconhecido… Em Roshamuul um dos príncipes demoníacos perturba o local constantemente, ao ponto de Morax poder escutar seus berros dizendo que Variphor irá dominar…"


– "A peça final era saber como montar e operar o Godbreaker, o segredo estava na biblioteca de Zathroth, estava… esta informação nova de que conseguiram roubar muda o cenário a favor deles…."


– "Deve existir um local que eles irão montar esta poderosa arma, e levará algum tempo, mas nós temos que encontrá-los antes que façam o ritual de ascensão de Variphor, se eles conseguirem ele matará nossos deuses e destruirá nosso mundo"


– "Vejo que vocês são os mais fortes entre nós, conseguiram derrotar uma poderosa criatura de Variphor, certamente podem não ser extremamente fortes, mas nossa melhor chance é vocês".


Henricus então se dirigiu a um dos armários, e começou a procurar por algo. Toda a equipe começou a trocar olhares e visivelmente transpareciam sua preocupação, foi neste momento que Riberus perguntou:


– "Se vocês até hoje não conseguiram prender um dos seguidores de Variphor, como creem que nós conseguiremos obter uma informação tão difícil como a localização do quartel general deles?"


Henricus finalmente encontrou o objeto que procurava, virou-se aos aventureiros e respondeu:


– "Obviamente, precisamos de uma ajuda maior, só a Inquisição não será suficiente… Com este objeto…"


E antes que Henricus terminasse a frase, Lesly o interrompeu:

– "Tem certeza disto Henricus? Nós nunca o chamamos, achas mesmo que vai funcionar?"


Henricus prontamente disse:

– "Qualquer que fosse o motivo, sofreríamos alguma punição ou perderíamos a possibilidade de contato com ele, mas esse motivo justifica qualquer medida, não temos outra chance!"


Henricus então entregou um cajado na mão de Riberus, que havia o interrogado anteriormente e disse:


– "Vão até o templo de Thais, juntem-se todos a ele…" Henricus segurou o braço de Riberus e prosseguiu: "Enquanto todos estiverem próximos de você, toque este cajado no pilar sudoeste do templo de Thais, este pilar foi encantado para permitir este ritual, se tudo der certo todos vocês serão levados ao encontro de Fardos".


– "Ele sabe tudo de nosso mundo, ele e Uman o criaram. Se os seguidores de Variphor estão fazendo algo, certamente ele terá muitas informações que nós não… Lesly, por favor vá com eles"


Lesly parou por um tempo enquanto mantinha-se pensativa e finalmente disse:

– "Está bem, vamos logo!"


Os aventureiros, junto a Lesly, chegaram ao pilar mencionado por Henricus e tocaram nele com o cajado. Todos viram o ambiente mudar drasticamente para uma espécie de biblioteca enorme, com uma enorme árvore central e uma enorme face os observando, era ele… Fardos.



Continua…


67 visualizações0 comentário